Luciana Leopoldino
Arapongas / PR

 

 

Oração

 

Ah, meu Deus! Vim pedir em oração,
Veja esta gente, que habita esta nação.
Que povo mais sem afeto!
Fala até com objeto,
Só não fala com o irmão.

Olha para juventude vivendo sem noção,
Falam alto, fazendo bagunça e gritando palavrão.
Nunca vi tantas pessoas, tanta gente mal educada.
Seja na rua ou na calçada.
Fazem do mundo um lixão.

Olha só para as mulheres que buscam o casamento,
Vestem-se de noiva, fazem festa com ornamento,
Se separam antes de um ano,
Dizendo que foi engano,
E ainda, dizem: Quanta perca de tempo!

Ah, meu Deus! Olha bem as criancinhas,
Enfeitadas, se parecem bonequinhas.
Os pais sempre orgulhosos,
Se elas respondem, maltratam os idosos,
Eles ainda dizem: Que gracinha!

Ah, meu Deus! Vim pedir sua proteção,
Por favor, escuta minha oração!
Manda amor para esta gente,
Fé, esperança para o descrente.
Paz, pra minha alma e pra nossa nação.

 

 

 

 
 
Poema publicado no livro "Nós & Eles" - Volume 2 - Novembro de 2017