Tatiane Marques
São Paulo / SP

 

Heróis de coração

 

 

Sou menina, sou mulher
Sou menino, sou peão
Sou dona do meu destino
Poetiza de coração

Eu sou minha própria verdade
Nesse mundo de ilusão
Meus ídolos não são imagens
De uma televisão.

Meus heróis  não são aqueles
Que vivem com a bola  na mão
Mas o que se joga no fogo
Se arrisca por um irmão

Um irmão desconhecido
Um mendigo e até um cão
Toda vida é preciosa
São anjos de pés no chão.

Nesses versos agradeço
Os heróis de coração
Que não tem troféus nem medalhas
Mas minha admiração.

 

 

 

 

 
 
Poema publicado na Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - vol. 156 - Janeiro de 2018