André Luiz de Oliveira Pinheiro
Rio de Janeiro / RJ

 

 

Heróis

 


Os meus heróis de ontem em quadrinhos
Agora são papéis só desenhados
Os super-homens já neutralizados
Por fraudulências dos vilões vizinhos...

E os heróis de hoje bebem vinhos
Com seus poderes todos arranjados
Dando dinheiro para ser comprados
Os heroísmos falsos nos caminhos...

Heróis, por onde combatendo crimes?
Nos filmes que sustentam Hollywood
Com armaduras, músculos, capuz...?

Ao teu futuro que heróis exprimes?
Não roube como novo Robin Hood
Reparta o pão na liga de Jesus...


 


 
 
Poema publicado na Antologia de Poetas Brasileiros - vol. 160 - Maio de 2018