Ismar Carpenter Becker
Rio de Janeiro / RJ

 

 

Gnomo do mal

 

Maldade de uma paixão não correspondida
Paixão entristece a alma queima e adoece o corpo
Gnomo do mal infernizando a mente com ações nefastas
Levando ao abismo da existência tão frágil como o ar
Tão líquida  como a água corrente
Gnomo do mal na luta constante com o bem
Potencializando ações nefastas
Espalhando dor  mágoas ódio e insanidade
Lixo tóxico envenenando corações e mentes
Envenenando o ar que se torna irrespirável
Cessando a resistência da vida

 

 

 

 

 

 
 
Poema publicado na Antologia de Poetas Brasileiros - vol. 172 - Junho de 2019