Neusa Bridon dos Santos Garcia
Gaspar / SC

 

 

Outono

 

Faço faxina
na casa, doando roupas
outros utensílios
que deixaram de servir.
Faço essa faxina
sem refletir... automaticamente.
Como no outono
as folhas caem
deixo cair as minhas falhas
que cometi como cristão
que se tornaram
folhas secas e velhas.
Reflito...
Deixo cair do meu coração
os sentimentos maus
que perderam o sentido
e não fizeram bem a minha alma.
Nesta quaresma faço faxina
esvazio meu coração
para o novo Deus entrar.

 

 

 

 

 
 
Poema publicado na Antologia de Poetas Brasileiros - vol. 172 - Junho de 2019