Isis Martins Giroldo
Quinta do Sol / PR

 

 

Labirinto em mim

 

Existe um labirinto em mim
Labirinto de palavras sem fim
Quem não sabe entendê-las
Nunca conseguirá alcançá-las
Ando entre hiatos e ditongos
Os mais ágeis são os verbos
Gosto do que dizem os adjetivos
Mas só têm valor enlaçados a substantivos
A palavra silêncio me encanta
É quando minh ‘alma se levanta
Na curva mais perigosa do enredo
Encontro sempre a palavra medo
Nessa confusão do caminho
Esquerda, direita, olha, um passarinho!
Me encontre no meu embaraço
Tudo se dissolve com seu abraço
Me ajude a achar o fio da meada
Caminhe comigo por essa estrada
Lá no final, na parte de cima
Eu e você, poesia e rima.

 

 

 

 
 
Poema publicado na Antologia de Poetas Brasileiros - vol. 176 - Outubro de 2019