Marcileia Pantoja Leal
Macapá / AP

 

 

Casa de praia

 

           

Todos os anos em tempo de férias, Cláudia Thompson viajava com a família para o litoral, já era um hábito que tinham. Cláudia trabalhava muito, então quando chegava as férias dela, das crianças e do marido, aproveitava para se afastar da cidade, pois queria um lugar bom e tranquilo para descansar e fugir da rotina urbana e do barulho atormentador.
Há algum tempo, Cláudia e seu marido Thomas Thompson tinham conseguido comprar uma linda casa de praia, do jeito que sempre sonharam, bem aconchegante, com vista para o mar. Para eles era tudo aquele lugar, muito tranquilo, perfeito para grandes momentos em família. Pois sempre tiveram uma vida muito agitada e quase não passavam tempo com seus filhos, foi isso que os fez investir no imóvel logo na primeira oportunidade que tiveram.
A casa era como se fosse da cidade, grande e espaçosa, com ambientes para todo gosto, seus filhos não paravam de correr no local, era a diversão deles, além do mais tinham uma praia maravilhosa para aproveitar, eles entravam e saíam da casa o tempo inteiro, corriam para a praia e brincavam atirando areia um no outro, depois se jogavam no mar e passavam boa parte do dia assim. Eram dois meninos: Augusto e David, muito apegados aos pais e bastante unidos. Eles amavam a casa da praia, se acostumaram muito rápido com o ambiente, pois tinham tudo que precisavam. Na casa tinha um quarto para cada filho, com brinquedo, televisão, computador, e um deles tinha a vista para a praia maravilhosa.
Cláudia e Thomas eram muito felizes, às vezes convidavam amigos para conhecerem sua casa e passear no local ao redor. Eles também tinham uma programação para passar os dias, gostavam de passear de iate e nadar no mar. Cláudia ficava tomando sol e se refrescando um pouco, enquanto Thomas ia nadar até o fundo do mar junto aos animais marinhos.
Mas a família também passava lindos momentos juntos, quando sentavam todos na frente do mar para admirar a paisagem, ler e conversar, riam muito e os pais contavam belas histórias aos filhos. Ao anoitecer, ficavam na sala assistindo tevê, comendo pipoca e tomando refrigerante. Depois, cada um ia se deitar para dormir e descansar do dia, repondo suas energias.
Essa era a rotina da família Thompson, até o final de suas tão esperadas férias. Depois de muita diversão e alegria juntos, voltaram para a cidade e à sua vida cotidiana. Aquela vida "de antes" da tão sonhada vida na “casa de praia”.

 

 
 
Poema publicado no livro "Pé de pato, mangalô, três vezes!!!"- Edição Especial - Junho de 2017